Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Dia das crianças!


Hoje o dia se veste de paz!
Mesmo cinzento, o dia se apresenta com as cores da alegria e mesmo as cores da chuva são resplandescentes aos nossos olhos.
A vizinhança mais próxima está em polvorosa. Numa das casas da vila, uma das famílias composta de seis crianças entre dois e sete anos, programa uma visita ao Jardim Zoológico.A mãe corre de um lado para o outro dando instruções aos mais velhos sobre a roupa a vestir, enquanto banha e penteia a menininha menor. Da minha janela vibro com aquele vai-vém.
Num ritmo desenfreiado, todos sabem exatamente o que fazer para o quanto antes ganharem a rua e estrearem os brinquedos novos ganhos dos pais e tios.
Já há algum tempo percebo que o Dia das Crianças ganhou um impulso significativo da mídia que dirige o comércio.
Nos meus tempos de criança, não se via tanto entusiasmo nesse sentido : - o de desejar brinquedos, sair para fazer lanches com os amigos e até mesmo participar de festividades em conjunto.
O Dia das Crianças deixou para trás até mesmo a comemoração do Dia de N.Sra. da Aparecida.
De minha parte, lembro desse dia como o dia de devoção à N.Sra. Aparecida. Meu pai, devoto que era da santa, não nos deixava esquecer a data.
As crianças de ontem vibravam com as procissões e tinham como meta a ida às Igrejas.
Hoje, poucas são as famílias que esquecem de programar seu feriadão e fugir por aí para umas pequenas férias.
A classe social dita a forma de comemorar, dentro dessas três opções: - orar por N.Sra, valorizar as crianças nesse dia dedicado a elas ou aproveitar o descanso proporcionado pelo feriado longo.
Enfim, que N.Sra. da Aparecida nos proteja a todos.
(Adir Vieira - 12/10/10)
Fonte da imagem:educaofsicaadaptadaeeducaoespecial.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário