Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Paradoxos dos sentimentos...

Outro, para dividir com vocês:
1. Paradoxo dos Sentimentos (e da Lógica): “O coração tem razões, que a própria razão desconhece”. (Pascal)
2. Paradoxo da Cegueira: “O essencial é invisível aos olhos porque é para ser visto com o coração” (A. de Saint-Exupéry).
3. Paradoxo da Ajuda: “Se precisas que alguém te faça um trabalho, pede a quem já estiver ocupado; quem estiver sem fazer nada, vai dizer-te que não tem tempo”.
4. Paradoxo do Tempo: “Se tens pressa vá devagar!”.5. Paradoxo da Tecnologia: “A tecnologia, aproxima-nos de quem está longe e afasta-nos de quem está perto”. (Michele Norsa)
6. Paradoxo da Inteligência: “Não chega primeiro quem vai mais depressa, mas sim quem sabe onde vai”. (Séneca)
7. Paradoxo da Felicidade: “Quando, objetivamente , estamos melhor que nunca,subjetivamente ,sentimo-nos profundamente insatisfeitos”. (José Antonio Marina)
8. Paradoxo da Sabedoria: “Quem sabe muito, ouve; quem sabe pouco, fala. Quem sabe muito, pergunta; quem sabe pouco, opina”.
9. Paradoxo da Generosidade: “É dando que recebemos”.
10. Paradoxo do Conhecimento: “Quanto mais O homem sabe mais sabe que menos sabe”.
11. Paradoxo do Humor: “O riso é uma coisa séria demais”. (Groucho Marx)
12. Paradoxo do Silêncio: “O silêncio, é o grito mais alto”. (Schopenhauer)
13. Paradoxo da Riqueza: “Rico, não é quem mais tem, mas sim quem menos precisa”.
14. Paradoxo do Amor: “Quem mais ama menos depende de ser amado para ser feliz”.
15. Paradoxo do Prazer: “Sofremos demais pelo pouco que não temos, e alegramo-nos pouco com o muito que possuímos”. (Shakespeare)
Fonte da imagem:chickeirocinco.wordpress.com

terça-feira, 29 de junho de 2010

A prática espiritual deste milênio será viver as pausas


Posto hoje, esse maravilhoso texto do Rabino Nilton Bonder, para ser pensado por todos nós.

"OS DOMINGOS PRECISAM DE FERIADOS
Feriados - dia de respeito e atenção a si e à vida...Toda sexta-feira à noite começa o shabat para a tradição judaica. Shabat é o conceito que propõe descanso ao final do ciclo semanal de produção, inspirado no descanso divino, no sétimo dia da Criação.Muito além de uma proposta trabalhista, entendemos a pausa como fundamental para a saúde de tudo o que é vivo. A noite é pausa, o inverno é pausa, mesmo a morte é pausa. Onde não há pausa, a vida lentamente se extingue. Para um mundo no qual funcionar 24 horas por dia parece não ser suficiente, onde o meio ambiente e a terra imploram por uma folga, onde nós mesmos não suportamos mais a falta de tempo, descansar se torna uma necessidade do planeta. Hoje, o tempo de 'pausa' é preenchido por diversão e alienação. Lazer não é feito de descanso, mas de ocupações 'para não nos ocuparmos'.A própria palavra entretenimento indica o desejo de não parar. E a incapacidade de parar é uma forma de depressão.O mundo está deprimido e a indústria do entretenimento cresce nessas condições. Nossas cidades se parecem cada vez mais com a Disneylândia. Longas filas para aproveitar experiências pouco interativas. Fim de dia com gosto de vazio. Um divertido que não é nem bom nem ruim. Dia pronto para ser esquecido, não fossem as fotos e a memória de uma expectativa frustrada que ninguém revela para não dar o gostinho ao próximo...Entramos no milênio num mundo que é um grande shopping. A Internet e a televisão não dormem. Não há mais insônia solitária; solitário é quem dorme. As bolsas do Ocidente e do Oriente se revezam fazendo do ganhar e perder, das informações e dos rumores, atividade incessante. A CNN inventou um tempo linear que só pode parar no fim. Mas as paradas estão por toda a caminhada e por todo o processo. Sem acostamento, a vida parece fluir mais rápida e eficiente, mas ao custo fóbico de uma paisagem que passa. O futuro é tão rápido que se confunde com o presente. As montanhas estão com olheiras, os rios precisam de um bom banho, as cidades de uma cochilada, o mar de umas férias, o domingo de um feriado... Nossos namorados querem 'ficar', trocando o 'ser' pelo 'estar'. Saímos da escravidão do século XIX para o leasing do século XXI - um dia seremos nossos? Quem tem tempo não é sério, quem não tem tempo é importante. Nunca fizemos tanto e realizamos tão pouco. Nunca tantos fizeram tanto por tão poucos...Parar não é interromper. Muitas vezes continuar é que é uma interrupção. O dia de não trabalhar não é o dia de se distrair: - literalmente, ficar desatento; - é um dia de atenção, - de ser atencioso consigo e com sua vida. A pergunta que as pessoas se fazem no descanso é: 'o que vamos fazer hoje?' - já marcada pela ansiedade. E sonhamos com uma longevidade de 120 anos, quando não sabemos o que fazer numa tarde de Domingo. Quem ganha tempo, por definição, perde. Quem mata tempo, fere-se mortalmente. É este o grande 'radical livre' que envelhece nossa alegria –o sonho de fazer do tempo uma mercadoria. Em tempos de novo milênio, vamos resgatar coisas que são milenares. A pausa é que traz a surpresa e não o que vem depois. A pausa é que dá sentido à caminhada. A prática espiritual deste milênio será viver as pausas. Não haverá maior sábio do que aquele que souber quando algo terminou e quando algo vai começar. Afinal, por que o Criador descansou? Talvez porque, mais difícil do que iniciar um processo do nada, seja dá-lo como concluído. "
Fonte da imagem: Getty Images

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Alimentos x emoções


Achei super válido publicar aqui essa informação do Dr. Luiz Carvalho - Nutrólogo e Nutricionista e da Nut. Gabriela Zanatta Port - Nutricionista, ambos da Clínica Nutrissoma: Rua Marquês do Pombal, 1824 Conj. 303 - Fone (0xx5l) 3361-4012 - Porto Alegre-RS
1)Banana:contra a ansiedade

Se você anda mais ansiosa que o normal, aposte na banana para elevar os níveis de serotonina. Quando os níveis desse neurotransmissor estão baixos, falha a comunicação entre as células cerebrais. Aí você fica irritada e especialmente ansiosa. A fruta combina doses importantes de triptofano e vitamina B6. Juntas, as duas substâncias se tornam poderosíssimas na produção da serotonina.
Quanto consumir: 2 unidades por dia
2) Mel: pura alegria
Triste sem motivo? De novo a causa pode ser a serotonina de menos. Nesse caso, o mel funciona como um calmante natural, pois aumenta a eficiência da serotonina no cérebro. Mas não é só aí que ele atua. Quando alcança o intestino, ajuda a regenerar a microflora intestinal. Resultado: o ambiente se torna mais propício para a produção de serotonina. Surpresa? Pois é, cerca de 90% do neurotransmissor do bom humor é produzido no intestino.
Quanto consumir: 1colher (sopa) / dia.
3)Abacate: amigo do sono
Dormir é tão importante para viver bem quanto comer direito e fazer exercícios. Tem noite que o sono não vem? Põe fé no abacate. Tudo bem, ele tem gordura, mas é boa. E oferece vitaminas que ajudam você a se entender melhor o travesseiro. A vitamina B3 equilibra os hormônios que regulam as substâncias químicas cerebrais responsáveis pelo sono. Já o ácido fólico funciona como se fosse uma enzima, alimentando os neurotransmissores que fazem você dormir bem. Quanto consumir: ½ abacate pequeno, 3x / semana.
4)Salmão: levanta o astral
Mau humor constante pode ser sinal de falta de ômega 3 no prato. O representante oficial dessa gordura amiga é o salmão. Mas existem outros peixes (atum, aranque e sardinha) que jogam seu astral lá para cima. O ômega 3 melhora o ânimo porque aumenta os níveis de serotonina, dopamina e noradrenalina - substâncias responsáveis pela sensação de bem-estar. Estudos também comprovam que este ácido graxo tira os radicais livres de cena e assim protege o sistema nervoso central. Quanto consumir: 1 porção, 3x / semana.
5)Lentilha: afasta o medo
Angústia e medo podem estar relacionados ao desequilíbrio de cálcio e magnésio. Essa dupla atua no balanceamento das sensações. Além de incluir alimentos com cálcio (queijo e iogurte) e magnésio (acelga) na dieta, consuma mais lentilha. Ela tem efeito ansiolítico, ou seja, tranqüiliza e conforta. Isso porque é precursora da gaba, neurotransmissor que também interfere nos sentimentos.
Quanto consumir: 3 conchas pequenas / semana.
6)Nozes: mantém você concentrada
São muitos os nutrientes das nozes. Mas é a vitamina B1 a responsável por essa fruta oleaginosa melhorar a concentração, pois a B1 imita a acetilcolina, neurotransmissor envolvido em funções cerebrais relacionadas à memória.
Quanto consumir: 2 nozes, 4x / semana.
7)Chá verde: espanta o estresse
Essa erva, a Camellia sinensis, tem fitoquímicos (polifenóis e catequinas) capazes de neutralizar as substâncias oxidantes presentes no organismo que, em excesso, deixam você cansada e estressada e acabam desorganizando o funcionamento do organismo. O estresse é capaz de desencadear a síndrome metabólica, culpada por doenças como a obesidade e a depressão. Beber chá verde, conforme alguns estudos, melhora a digestão e deixa a mente lenta.
Quanto consumir: 4 a 6 xícaras (chá) / dia.
8)Brócolis: deixa a mente esperta

É comum você demorar alguns segundos para lembrar o número do seu telefone? Este alimento é rico em ácido fólico, acelera o processamento de informação nas células do cérebro, conseqüentemente, melhorando a memória. Porções extras desta verdura vão fazer você lembrar de tudo rapidinho.
Quanto consumir: 1 pires / dia.
9)Clorela: controla a preocupação

Comportamento obsessivo pode ser sinal de que as células do organismo estão desvitalizadas. A alga clorela funciona como um poderosíssimo reparador celular, melhorando as funções fisiológicas e o sistema imunológico. E mais: contém vitaminas (B3, B6, B12 e E) e minerais (cálcio, magnésio e fósforo) e aminoácidos (triptofano) que ajudam a estabilizar os circuitos nervosos, acabando com a aflição e aumentando a sensação de conforto.
Quanto consumir: de 2 a 4g / dia (cápsula)
10)Óleo de linhaça: dribla o apetite voraz
O óleo extraído da semente de linhaça e prensado à frio é uma fonte vegetal riquíssima em gordura ômega 3, 6 e 9. Melhor: é um dos poucos alimentos com ômega numa proporção próxima do ideal, o que é imprescindível para que exerça suas funções benéficas. Uma delas é regular os hormônios que ajudam a manter o sistema nervoso saudável. Com isso, a ansiedade perde espaço e a cumpulsão a comida fica bem menor. Quanto consumir: 1colher (sobremesa) / dia, antes das refeições principais.
11)Gérmen de trigo: acaba com a irritação

Assim como as nozes, o gérmen de trigo tem vitamina B1 e inositol, que reforçam a concentração. Mas por ter uma boa dose de vitamina B5, o gérmen é especialmente indicado como calmante, já que melhora a qualidade de impulsos nervosos, evitando nervosismo e irritabilidade.
Quanto consumir: 2 colheres (chá) / dia.
12)Tofu: espanta o desânimo
O queijo de soja tem o dobro de proteínas do feijão e uma boa dose de cálcio. Também é rico em magnésio (evita o enfraquecimento das enzimas que participam de produção de energia) e ferro (combate a anemia). Quando estes minerais estão em baixa no organismo, você se sente fraca e sem ânimo. Mas é a colina, substância que protege a membrana das células cerebrais, que dá ao tofu o poder de acabar com o cansaço mental. Quanto consumir: 1 fatia média / dia.

domingo, 27 de junho de 2010

Amo pessoas...


Divido com vocês, amigos e amigas blogueiros, esse belo e profundo texto que recebi pela Internet.

"Amo pessoas que acordam no meio da noite, só para escutar o barulhinho da chuva no telhado, elas sabem ouvir o canto de Deus...
Amo pessoas que fazem do presente um caminho para o futuro, com algumas trilhas secundárias e até alguns atalhos, elas entendem de liberdade.
Amo pessoas que escrevem sua história sem ignorar os borrões, mas fazendo deles um lição de vida, elas jamais serão esquecidas...
Amo pessoas que posso chamar de amigos, que vêem mais qualidades que defeitos em mim, elas enfeitam dia a dia o caminho que trilho...
Amo pessoas que sabem conviver, tolerando o que for intolerável, encontrando uma justificativa para resgatar a harmonia, elas entendem de perdão...
Amo pessoas de todas as idades, essas que não sabem a idade que tem, que são, velhos, adolescentes, crianças, elas sabem se encaixar no tempo....
Amo pessoas que quando perdem a fé, engravidam o coração e conseguem parir um novo, para ensinar e aprender, elas sabem que não se perde para nós mesmos...Amo pessoas que cantam no chuveiro, que olham o espelho, se acham lindas e sorriem para a imagem devolver o sorriso, elas com certeza receberão sorrisos, sem espelho...
Amo pessoas que valorizam riquezas só do espírito e ignoram a miséria das almas, elas entendem que pobre é aquele coitado, que só possui bens materiais.
Amo pessoas que cuidam da natureza, que espalham sementes, plantam árvores e florescem o mundo, elas colherão frutos doces, independente das estações...
Amo pessoas de mãos generosas no doar, no afeto e no oferecer, elas entendem que o presente fica em parte com quem recebe, que fica mais com quem doa...
Amo pessoas que não tem medo de se arriscar, de mudanças, de finais nem recomeço. Elas jamais dirão: Como seria, se eu tivesse tido coragem...
Amo pessoas que ficam olhando o horizonte de bobeira, que deitam na grama para olhar nuvens passar ou contar estrelas , elas conhecem e muito, de paz....
Amo pessoas que não gostam de julgar, gente preguiçosa que legam a Deus essa tarefa, elas sabem que Ele resolve tudo, no tempo Dele e não no delas....
Amo pessoas que misturam pais, filhos, netos, primos, tios, avós, que brigam, se desculpam e que não se separam, elas sabem a importância da família...
Amo pessoas que escutam passarinho quando canta, que olha o sol quando levantam e que brincam de faz de conta com crianças, elas sabem que ser feliz é simples...
Amo pessoas que estimam os animais, sem olhar a raça, que afagam suas cabeças como um amigo, elas sempre serão recebidas com uma lambidela de carinho....
Amo pessoas que soltam bolinhas de sabão, pipas coloridas e param para escutar a música do realejo, elas brincam com a criança interior da alma e a impedem de crescer...
Amo pessoas que iluminam o olhar diante da pessoa amada, que beijam na boca e não estão nem aí para a platéia, para julgamentos, ou ridículo, elas amam amar o amor...
Amo pessoas que não sabem odiar, que falam com anjos em qualquer lugar e sabem que eles ouvem, tanto que me pediram para escrever: QUE ELES TAMBÉM AS AMAM! "

Fonte da imagem:imagensporfavor.com

sábado, 26 de junho de 2010

Milagres


Recebi pela Internet esse maravilhoso texto de LADY FOPPA, que divido com vocês...
MILAGRES

Milagre para mim, é ver a chuva molhar os campos e reacender aquele cheiro
bom de terra molhada, cheiro de banho de natureza, que faz brotar sementes e até sonhos....
Milagre é olhar o céu e ver aquele mundão de estrelas, ali, tudo juntinho sem competir, sem se esbarrar e sem nenhuma empatar o brilho da outra...
Milagre é essa diversidade de flores que Deus planta pra aqui e pra acolá, só para colorir o caminho da gente assim como quem não quer nada mas querendo nos ver felizes...
Milagre é tudo que o homem inventou com a inspiração que Deus deu, telefone, luz elétrica, rádio, TV, cinema, etc. Eu não sei como isso funciona e nem quero aprender, mas que é milagre, é...
Milagre é o que a genética faz: De uma coisa piquititinha de nada, cria um embrião que vira pessoa, e que Deus aprova, porque a alma é Ele que coloca....
Milagre para mim, é esse mundão sem porteira, sem eira, sem ter um canto para o vento
fazer a curva, sem ter começo delimitado e nem fim
Milagre é quando olho para meus filhos e vejo traços físicos meus, quando adentro suas almas
e vejo traços de anjos, aí eu agradeço a Deus infinitas vezes, por esse milagre...
Milagre é a inocência das crianças que falam na cara da gente o que pensam.
Pequeno Buda de 6 anos, falou que Deus é bom porque faz nuvens com forma de bichinhos fofos...
Milagre é acordar de manhã, abrir a janela e ver o amanhecer lindo que Deus coloriu,
cada dia de um jeito, faz tudo com capricho e carinho. Ah, acordar já é milagre, e dos maiores...
Milagre é quando Deus esquece de dar um irmão pra gente, ai Ele acode e dá o irmão com o nome de amigo esse é um dos milagres que eu adoro receber....
Milagre é quando alguém que amamos, sem querer, despedaça o nosso coração em um fantastilhão de pedaços, e a gente pensa que vai morrer. Ai aparece alguém com uma cola mágica e conserta ...
Milagre é ser um doador de órgãos, pois quando Deus chama para voltar para casa, só chama o espírito, e esse chega perfeito, se do corpo ficar algo é para aperfeiçoar uma outra vida...
Milagre é a natureza que a neve mata ou o fogo destrói, ai nasce tudo de novo sem se importar
se vai ser destruída novamente, acho esse milagre lindo!
Milagre é quando vejo pessoas ajudando as vítimas da fome, do frio, do desabrigo e do desamor
tem gente que chama isso de solidariedade, eu chamo de milagre...
Milagre, é essa tal de internet que fez minha mensagem chegar até você que as vezes não conheço o rosto, o nome, e nem sei dos sonhos...
Agora, se te fiz feliz, ganhei o dia e o aval de Deus!

Fonte da imagem: www.osmais.com

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Torne-se um lago...


Recebi essa mensagem e divido-a com vocês:
O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse.
Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim – disse o aprendiz.
O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago. Então o velho disse:
-Beba um pouco dessa água.
Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:
-Qual é o gosto? -'Bom!' disse o rapaz.
-Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.
- Não, disse o jovem.
O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse: -A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta.
É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.
Em outras palavras: é deixar de ser copo... para tornar-se um lago.
Fonte da imagem: tresd1.com.br

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Ainda falando de Judite...


Acho que Judite vai estourar de tanta tensão.
As coisas não estão bem...
Nunca uma briga durou tanto... Quase quinze dias, andando feito autômata pela casa, fazendo as tarefas domésticas como um robô...
Não pensou viver assim...
Mas o que fazer, se não sente mais prazer ... Nunca ela sentiu o marido tão verdadeiro em suas afirmações...
Percebeu que quando alguém repete muito uma coisa, é porque aquilo está vivo em seu ser...
Judite é viva, alegre, entusiasta, vive a vida plenamente... Mas agora, está triste, calada, não sorri mais e seus pensamentos fervilham buscando uma solução...
Sabe que não conseguirá viver assim muito tempo... Sabe também que nunca mais voltará a ser como antes, pois precisa sentir prazer para viver.
Antes tinha dúvida do que ouvia, mas agora, sabe que as queixas do seu marido são verdadeiras dentro de sua alma.
Nunca Judite se sentiu tão angustiada. Está com o coração doente. Se tivesse filhos, nesse momento se refugiaria neles, mas como não tem, não sabe o que fazer...
Pelo menos, seu marido tem ...

Fonte da imagem: agradaveleaosolhosverosol...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

0 coração nos prega peças...


Li outro dia, um pensamento que dizia que ao tomarmos uma decisão, deveríamos nos deixar levar pelos dois aspectos mais importantes da vida - a racionalidade e a praticidade.
Sabe que nunca vi nada mais verdadeiro ?
Se ao tomarmos uma decisão deixarmos nosso coração decidir, só estaremos adiando os ressentimentos e o arrependimento.
E no fututo, nossa vida será sempre um rosário de lamúrias onde cobraremos das pessoas que nos cercam, as culpas pela nossa decisão.
Por isso, exclua o coração de suas decisões. Pense friamente a respeito dos prós e contras, antes de mudar e prefira sempre se acomodar.
E ainda mais que situações verdadeiras na vida, sempre deixam seus frutos, seus patrimônios...
Nunca mude pelo coração.
Você estará cavando sua própria cova.

Fonte da imagem: stuffedsquares.com

terça-feira, 22 de junho de 2010

Ainda sobre Judite

Judite continuava tensa. Também, não era para menos. Não conseguia engolir a última briga. Até porque quando as coisas ditas começam a se repetir, adquirem todo o teor de uma grande verdade. Já eram 11.00 horas da noite de segunda-feira e ela e o marido não se falavam desde a sexta-feira anterior depois da briga. Seus pensamentos fervilhavam e a cada um deles, tinha mais uma prova de que nada era como antes. Ainda mais, nesse mês de junho, tão importante para eles...
Desde o início do mês vinha engolindo seus esquecimentos, sua consideração diária, mas esquecer o dia 8? Não, isso ela não podia aceitar. Logo, quando comemoravam um ano além das bodas de porcelana?
Não, isso não... Era muito descaso.
A esse pensamento teve a nítida impressão de que não representava mais nada, era apenas uma acompanhante na vida.
Não sabe sequer dizer se é uma acompanhante agradável ou não.
Com tantos pensamentos fluindo, não reparou que já passava de uma hora da manhã e ainda estava se revirando na cama...
Na sala, Serra, candidato à Presidência, dava uma longa entrevista na TV.
Judite não sabe que horas pegou no sono, mas sua cabeça estalava de dor, quando acordou no dia seguinte.
Fonte da imagem: alemdacultura.blogspot.com

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Lembranças que teimam em ficar...


Morreu José Saramago e a Internet pipoca com suas obras.
Nunca uma de suas frases soltas se apresentou tão verdadeira para mim, como a que cito abaixo:

"Fisicamente, habitamos um espaço, mas, sentimentalmente, somos habitados por uma memória."
Realmente, os lugares novos onde estamos talvez não signifiquem, nem mudem nada para nós, se retivermos na lembrança vivências antigas que teimamos em lembrar a cada minuto.

Fonte da imagem: skyscrapercity.com

domingo, 20 de junho de 2010

A importância de ser mãe


Judite levantou tensa. Olhou o relógio e já eram 9.40 da manhã. Também a madrugada inteira rolou na cama, sem conseguir dormir. Só depois das sete da manhã conciliou o sono intranqüilo daqueles de quem não está em paz.
No caminho até o banheiro, passou pela mesinha de cabeceira e o porta-retratos mostrava sua mãe, olhando-a. Desde que ela se foi tinha esse hábito diário, ao levantar e ao ir para cama. Beijava a foto e pedia proteção. Não sabia porque, mas acreditava que depois de sua morte, sua mãe adquirira poderes de “santa” e sempre ao viver qualquer problema, dividia-o com ela, como se ainda estivesse viva, ali a seu lado.
Durante a madrugada inteira, pensamentos fervilhavam indo e vindo. De repente, como se o mundo tivesse parado, reviveu situações na mente que lhe mostravam que a vida, durante todos aqueles dezoito anos de convivência, não fizeram com que seu companheiro mudasse em nada.
Ali estava ele, provando a ela, os reais valores da vida – a indissolubilidade do casamento de papel passado, a divina importância de ser pai, o respeito e o agradecimento eterno as mulheres que lhe deram filhos, as lembranças orgulhosas dos bens maiores adquiridos com seu próprio esforço anos atrás. Ali em suas colocações, agora tão evidentes, Judite percebia a fragilidade de sua vida.
A punhalada maior, a mais cruel, foi a que ele lhe deu quando sem mais nem porque, lhe perguntou por que ela não tinha lhe dado também um filho?
Judite não sabia a resposta. Há três dias, em vão, revivia passagens de sua vida buscando a temida explicação.
Por mais que revirasse os pensamentos, outra pergunta se agigantava à sua frente: por que ele não perguntou isso nos tempos em que ela ainda poderia recorrer a outros métodos não naturais para atendê-lo?
Judite não sabia a resposta. Nunca achou tão verdadeiros os títulos reais na vida. Esposa – mãe –
Nesse momento sentiu uma tremenda inveja ...
Fonte da imagem: textonosso.blogspot.com

sábado, 19 de junho de 2010

Querer e poder...


Abrindo minha caixa de e-mails hoje, li uma mensagem que continha várias frases sobre a vida.
Detive-me numa delas:
"Quem não pode o que quer, que queira o que pode."
A princípio, achei-a estranha, na medida em que pensei que na maioria das vezes, sabemos o que queremos, mas quase nunca o que podemos.
A frase é muito abrangente e o poder e o querer envolvem várias áreas de atuação, sejam no campo material e no espiritual.
Em minha mente, faço um leque daquilo que quero. Assombro-me com a grande relação aos meus olhos, porque nessa altura da vida e com todos os esforços que a ela dediquei, confesso que minha lista deveria ter um número mínimo de coisas e olhem que falo no campo físico e psíquico.
Estranho, me surpreendo, mas sigo em frente e proponho-me a listar tudo o que eu verdadeiramente posso e num rasgo súbito de alegria, decido-me de agora em diante a dedicar-me somente a essas coisas, as que realmente eu posso. E não é que levo outro susto?
Chego a conclusão de que não posso quase nada...
Então só me resta, deixar a vida me levar !

Fonte da imagem: dafloraflordelis...

sexta-feira, 18 de junho de 2010


Recebi esse maravilhoso e verdadeiro texto por e-mail. O autor é desconhecido.

"Não me perguntem quantos anos tenho;
e sim, quantas cartas mandei e recebi:
Se mais jovem, se mais velho...
o que importa,
se ainda sou um fervilhar de sonhos,
se não carrego o fardo da esperança morta!
Não me perguntem quantos anos tenho;
e sim, quantos beijos troquei
-Beijos de amor
Se a juventude em mim ainda é festa,
se aproveito tudo a cada instante
e se eu bebo da taça gota a gota...
Ora! Então pouco se me dá que gota resta!
Não me perguntem quantos anos tenho mas...
queiram saber de mim se criei filhos,
queiram saber de mim que obras eu fiz,
queiram saber de mim que amigos tenho
e se alguém, pude eu, tornar feliz.
Não me perguntem quantos anos tenho mas...
queiram saber de mim que livros li,
queiram saber de mim por onde andei,
queiram saber de mim quantas histórias,
quantos versos ouvi, quantos cantei.
E assim, somente assim, todos vocês,
por mais brancos que estejam meus cabelos,
por mais rugas que vejam no meu rosto,
terão vontade de chamar-me:
“Oi Moço...!!!”
E ao me verem passar aqui...ali...
não saberão ao certo a minha idade,
mas saberão por certo, que eu vivi. "

Fonte da imagem :coracaodacidade.blogs...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

O bule de chá


Sempre achei “bocomoco” ter um aparelho de chá.

Conceituo-o sem serventia; afinal, já lá se vão mais de dez anos que ninguém convida para chás. No entanto, algumas peças do aparelho, como o açucareiro e o bule, sempre me chamaram a atenção.

Foi num dia, por acaso, que encontrei o tal bule numa loja especializada.

Apaixonei-me por ele, de cara. Tinha um tamanho maior do que o normal, branco como a neve e brincando em sua borda estavam lá os frisos azuis floridos e, firmando as florzinhas, uns mais fortes prateados.

Tamanha foi minha atração por ele, que me impediu de apreciar outras peças igualmente bonitas. O seu charme estava no bico, torneado de forma a parecer um bico de ganso e isso, inexplicavelmente, completava a peça de um jeito absolutamente perfeito.

Especialmente lindo. Convivendo comigo por mais de quinze anos, era assim que ele era.

Pelo menos, até ontem, quando, após uma briga insana da esponja ensaboada com minhas mãos, espatifou-se na pia da cozinha.
Fonte da imagem:
www.esquinadotempo.com.br

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Clarice Lispector


Veja a genialidade da poetisa Clarice Lispector e a riqueza da língua portuguesa.

Não te amo mais.
Estarei mentindo se disser que
Ainda te quero como sempre quis.
Tenho certeza de que
Nada foi em vão.
Sei dentro de mim que
Você não significa nada.
Não poderia dizer nunca que
Alimento um grande amor.
Sinto cada vez mais que
Já te esqueci!
E jamais usarei a frase
EU TE AMO!
Sinto, mas tenho que dizer a verdade:
É tarde demais..

Agora leia de baixo para cima.
Pura arte... Pura genialidade.



Fonte da imagem: letrascac.wordpress.com

terça-feira, 15 de junho de 2010

DOZE CONSELHOS SOS PARA TER UM INFARTO FELIZ !!!




Recebi esse e-mail, com a recomendação de passar ao maior número de pessoas possível.
Creio que divulgá-lo aqui no blog vai fazer com que muitas e muitas pessoas possam aprender com ele. Por favor, leiam com bastante atenção:


DOZE CONSELHOS SOS PARA TER UM INFARTO FELIZ !!!
Dr. Ernesto Artur - Cardiologista

Quando publiquei estes conselhos 'amigos-da-onça' em meu site, recebi uma enxurrada de e-mails, até mesmo do exterior, dizendo que isto lhes serviu de alerta, pois muitos estavam adotando esse tipo de vida inconscientemente.

1. Cuide de seu trabalho antes de tudo. As necessidades pessoais e familiares são secundárias.

2 Trabalhe aos sábados o dia inteiro e, se puder também aos domingos.

3. Se não puder permanecer no escritório à noite, leve trabalho para casa e trabalhe até tarde.

4. Ao invés de dizer não, diga sempre sim a tudo que lhe solicitarem.

5. Procure fazer parte de todas as comissões, comitês, diretorias, conselhos e aceite todos os convites para conferências, seminários, encontros, reuniões, simpósios etc.

6. Não se dê ao luxo de um café da manhã ou uma refeição tranqüila. Pelo contrário, não perca tempo e aproveite o horário das refeições para fechar negócios ou fazer reuniões importantes..

7. Não perca tempo fazendo ginástica, nadando, pescando, jogando bola ou tênis. Afinal, tempo é dinheiro.

8. Nunca tire férias, você não precisa disso. Lembre-se que você é de ferro. (e ferro , enferruja!!. .rs)

9. Centralize todo o trabalho em você, controle e examine tudo para ver se nada está errado.. Delegar é pura bobagem; é tudo com você mesmo.

10. Se sentir que está perdendo o ritmo, o fôlego e pintar aquela dor de estômago, tome logo estimulantes, energéticos e anti-ácidos. Eles vão te deixar tinindo.

11. Se tiver dificuldades em dormir não perca tempo: tome calmantes e sedativos de todos os tipos. Agem rápido e são baratos.

12. E por último, o mais importante: não se permita ter momentos de oração, meditação, audição de uma boa música e reflexão sobre sua vida. Isto é para crédulos e tolos sensíveis.

Repita para si: Eu não perco tempo com bobagens.
Duvido que voce não tenha um belo infarto se seguir os conselhos acima!!!


OS ATAQUES DE CORAÇÃO

Uma nota importante sobre os ataques cardíacos..
Há outros sintomas de ataques cardíacos, além da dor no braço esquerdo(direito). Há também, como sintomas vulgares, uma dor intensa no queixo, assim como náuseas e suores abundantes.

Pode-se não sentir nunca uma primeira dor no peito, durante um ataque cardíaco. 60% das pessoas que tiveram um ataque cardíaco enquanto dormiam, não se levantaram... Mas a dor no peito, pode acordá-lo dum sono profundo.

Se assim for, dissolva imediatamente duas Aspirinas na boca e engula-as com um bocadinho de água. Ligue para Emergência (193 ou 190) e diga ''ataque cardíaco'' e que tomou 2 Aspirinas. Sente-se numa cadeira ou sofá e force uma tosse, sim forçar a tosse pois ela fará o coração pegar no tranco; tussa de dois em dois segundos, até chegar o socorro.. NÃO SE DEITE !!!!

Um cardiologista disse que, se cada pessoa que receber este e-mail, o enviar a 10 pessoas, pode ter a certeza de que se salvará pelo menos uma vida !
Fonte da imagem:nickmartins.com.br

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Crianças...


O autor e conferencista Leo Buscaglia certa ocasião falou de um concurso em que tinha sido convidado como jurado.
O objetivo era escolher a criança mais cuidadosa.
Eis alguns dos vencedores:

1. Um garoto de 4 anos tinha um vizinho idoso ao lado, cuja esposa havia falecido recentemente.
Ao vê-lo chorar, o menino foi para o quintal dele, e simplesmente sentou-se em seu colo.
Quando a mãe perguntou a ele o que havia dito ao velhinho, ele respondeu:
- Nada. Só o ajudei a chorar.
2. Os alunos da professora de primeira série Debbie Moon estavam examinando uma foto de família.
Uma das crianças da foto tinha os cabelos de cor bem diferente dos demais. Alguém logo sugeriu que essa criança tivesse sido adotada.
Logo uma menina falou:
- Sei tudo sobre adoção, porque eu fui adotada.
Logo outro aluno perguntou-lhe:
- O que significa "ser adotado"?
- Significa - disse a menina - que você cresceu no coração de sua mãe, e não na barriga!
3. Sempre que estou decepcionado com meu lugar na vida, eu paro e penso no pequeno Jamie Scott.
Jamie estava disputando um papel na peça da escola. Sua mãe me disse que tinha procurado preparar seu coração, mas ela temia que ele não fosse escolhido.
No dia em que os papéis foram escolhidos, eu fui com ela para buscá-lo na escola. Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhando de orgulho e emoção:
- Adivinha o quê, mãe!
E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:
- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria!
4. Conta uma testemunha ocular de Nova York :
Num frio dia de dezembro, alguns anos atrás, um rapazinho de cerca de 10 anos, descalço, estava em pé em frente a uma loja de sapatos, olhando a vitrina e tremendo de frio.
Uma senhora se aproximou do rapaz e disse:
- Você está com pensamento tão profundo, olhando essa vitrina!
- Eu estava pedindo a Deus para me dar um par de sapatos - respondeu o garoto...
A senhora tomou-o pela mão, entrou na loja e pediu ao atendente para dar meia duzia de pares de meias para o menino. Ela também perguntou se poderia conseguir-lhe uma bacia com água e uma toalha. O balconista rapidamente atendeu-a e ela levou o garoto para a parte detrás da loja e, tirando as luvas, se ajoelhou e lavou seus pés pequenos e secou-os com a toalha.
Nesse meio tempo, o empregado havia trazido as meias. Calçando-as nos pés do garoto, ela também comprou-lhe um par de sapatos.
Ela amarrou os outros pares de meias e entregou-lhe. Deu um tapinha carinhoso em sua cabeça e disse:
- Sem dúvida, vai ser mais confortável agora.
Como ela logo se virou para ir, o garoto segurou-lhe a mão, olhou seu rosto diretamente, com lágrimas nos olhos e perguntou:
- Você é a mulher de Deus?
A vida é curta, quebre regras, perdoe rapidamente, beije lentamente, ame de verdade, ria descontrolavelmente, e nunca pare de sorrir, por mais estranho que seja o motivo. E lembre-se que não há prazer sem riscos. A vida pode não ser a festa que esperávamos, mas uma vez que estamos aqui, temos que comemorar!!! Aprecie...
Fonte da imagem:cdluruguaiana.com.br

sexta-feira, 11 de junho de 2010

PÃO DE QUEIJO



O blog aqui não costuma repassar piadas, mas confesso que essa, sem dúvida, eu não posso deixar de dividir com vocês.


O médico estava namorando a enfermeira Margareth e ela acabou engravidando;

Ele, não querendo que sua mulher descobrisse, deu dinheiro à enfermeira, pediu que ela voltasse para sua cidade natal em Minas Gerais, e tivesse o bebê lá.

- Como vou avisá-lo quando o bebê nascer?

- Mande um postal e escreva "PÃO DE QUEIJO".

Eu cuidarei de todas as despesas da criança.

Alguns meses se passaram, um dia quando o médico chegou em casa, a esposa disse:

- Você recebeu um cartão postal de Minas Gerais e eu não consigo entender o significado da mensagem.

Ele leu o cartão e caiu no chão com um violento ataque cardíaco, foi levado à emergência do hospital.
O cardiologista perguntou à esposa:
- Aconteceu algo que possa ter causado o ataque ?
- Ele apenas leu este cartão postal:
"Cinco pães de queijo: Três com linguiça e dois sem".

Fonte da imagem:noticias.terra.com.br

Menopausa


Recebi esse maravilhoso texto pela Internet e não posso deixar de dividir com vocês.
Cheguei aos sessenta !
Confesso que eu esperava:
Com meus 60 anos cumpridos e rodeada de amigos da mesma idade, acreditava que minha vida mudaria radicalmente para pior...Pensei que já era velha para fazer muitas coisas e que não poderia continuar no ritmo de vida que levava, e confesso que estou surpresa...
Minha vida mudou sim, mas não como eu pensava.
Essa é minha experiência pós menopausa
1º) Percorro as prateleiras do supermercado e vou até a perfumaria e cosméticos... e já não compro absorventes !ISSO É ECONOMIA!
2º) Quando meu homem, companheiro, esposo, amante, ou amigo, o que dorme comigo, se acomoda todo « acocorocado », a qualquer dia do mes, não tenho que dar explicações de que estou « num desses dias » como se dizia antes...
ISSO SE CHAMA SEXO!
3º) O dia que começaram os “ CALORES”, pensei : Ah! Isso se complica…mais rapidamente encontrei uma solução: guardei meus casacos de lã, cachecóis, polainas etc... E comprei vestidos decotados , de alcinhas, camisetas, blusinhas de costas de fora…
ISSO SE CHAMA SENSUALIDADE!
Minha família é bonita, meus filhos já são grandes, os mais velhos estão todos casados, e os solteiros tem muita atividade. Já são independentes. Meus netos, eu os mimo e faço todas suas vontades, pois não sou eu que os educo...
Mas tenho tempo livre para desfrutar com meus amigos de saídas, sem horários, de caminhar e conversar, de olhar o nosso caminho percorrido e de projetar o que nos falta percorrer. Descubro a cada dia , que esta era a vida que sempre queríamos viver com a união de uma família .
ISSO SE CHAMA AMOR !
5º) O ginecologista me falou de dieta, ginástica, osteoporose, anti-oxidantes, etc, etc... E sei que tudo isso é bom para mim...
Terças e quintas faço massagen localizada com uma super professora... Quarta, natação, e sexta, PILATES... E quando posso caminho com minhas amigas. Os antioxidantes melhoraram meu cabelo, minhas unhas e minha pele. Me sinto bem melhor de quando tinha 30 anos, emagreci um pouco e me sinto EXPLÊNDIDA!
ISSO SE CHAMA SAÚDE!
6º) Quando eu era mais jovem e criava meus filhos , desejava dormir, ler, usar roupa branca, olhar as vitrines, ver filmes de noite... Tudo isso era impossível...
Mas chegou a menopausa! E minha vida mudou, durmo pelas manhãs, leio, estudo, passeio, vou para onde eu quero, e até viajei sozinha para o exterior para ver os meus filhos. A menopausa me trouxe descanso e liberdade!.
ISSO SE CHAMA PAZ INTERIOR!
Tudo isso para mim hoje significa: ECONOMIA,SEXO,SENSUALIDADE,AMOR,
SAÚDE,DESCANSO,PAZ INTERIOR E PROJETOS..
Sinto que passei por muitas etapas na minha vida , que ganhei muita experiência, algumas com muito esforço e trabalho, outras com tristezas e alegrias. E hoje com os meus 60 anos posso olhar para traz com muita serenidade e paz de espírito.
Vejo uma família maravilhosa com filhos lindos que já voam com suas próprias asas, e meu ninho não está vazio.
Tenho boas lembranças…a certeza de ter feito o melhor… serenidade, alegrias e projetos…
A vida na menopausa não se mutila, não termina, pelo contrário, começa uma nova etapa, muito rica, profunda e bonita, prazerosa se você se propõe a novos projetos...
Estudar, dançar, cantar, viajar, plantar orquídeas, pintar um quadro, caminhar em silêncio, fazer meditação , não importa o que….basta você se propor a fazer o que você gosta…
Sinto que sempre me sentirei jovem porque isso está dentro de mim e devo cultivar a ilusão e os sonhos e os transformar em projetos...
A vida não foi feita para DESPERDIÇAR!...
senão simplesmente para: VIVER!
DESFRUTE DELA O MÁXIMO!

Fonte da imagem: revistaepoca.globo.com

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Essa é para você se distrair...



Veja o que você vai ouvir na secretária eletrônica da casa da vovó:

"Bom dia! No momento não estamos em casa mas, por favor, selecione uma das
opções a seguir:

- Se é um dos nossos filhos, disque 1

- Se precisa que fiquemos com as crianças, disque 2

- Se quer o carro emprestado, disque 3

- Se quer que lavemos e passemos a roupa , disque 4

- Se quer que as crianças durmam aqui em casa, disque 5

- Se quer que os busquemos na escola, disque 6

- Se quer que lhe preparemos uns bolinhos para domingo, disque 7

- Se querem vir comer aqui em casa, disque 8

- Se precisam de dinheiro, disque 9

- Se é um dos nossos amigos, pode falar!"

Fonte da imagem: net-mulher.com

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Amigos


Selecionei esse poema de Vinicius de Moraes para dividir com vocês.

"Tenho amigos que não sabem o quanto são meus amigos.
Não percebem o amor que lhes devoto e a absoluta necessidade que tenho deles.
A amizade é um sentimento mais nobre do que o amor, eis que permite que o objeto dela se divida em outros afetos, enquanto o amor tem intrínseco o ciúme, que não admite a rivalidade.
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
E eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!
A alguns deles não procuro, basta-me saber que eles existem.
Esta mera condição me encoraja a seguir em frente pela vida.
Mas, porque não os procuro com assiduidade, não posso lhes dizer o quanto gosto deles. Eles não iriam acreditar.
Muitos deles estão lendo esta crônica e não sabem que estão incluídos na sagrada relação de meus amigos.
Mas é delicioso que eu saiba e sinta que os adoro, embora não declare e não os procure.
E às vezes, quando os procuro, noto que eles não tem noção de como me são necessários, de como são indispensáveis ao meu equilíbrio vital, porque eles fazem parte do mundo que eu, tremulamente, construí e se tornaram alicerces do meu encanto pela vida.
Se um deles morrer, eu ficarei torto para um lado.
Se todos eles morrerem, eu desabo! Por isso é que, sem que eles saibam, eu rezo pela vida deles. E me envergonho, porque essa minha prece é, em síntese, dirigida ao meu bem estar. Ela é, talvez, fruto do meu egoísmo.
Por vezes, mergulho em pensamentos sobre alguns deles.
Quando viajo e fico diante de lugares maravilhosos,cai-me alguma lágrima por não estarem junto de mim, compartilhando daquele prazer.
Se alguma coisa me consome e me envelhece é que a roda furiosa da vida não me permite ter sempre ao meu lado, morando comigo, andando comigo, falando comigo, vivendo comigo, todos os meus amigos, e, principalmente os que só desconfiam ou talvez nunca vão saber que são meus amigos!
A gente não faz amigos, reconhece-os."

Fonte da imagem:reflexosnatura.blogspot.com

terça-feira, 8 de junho de 2010

Abundância


Algumas pessoas são assim, abundantes.Não é preciso ser letrado, nem ter qualquer especialidade de formação. Não é preciso conhecer quiromancia, astrologia ou outras práticas adivinhatórias para se identificar as “abundantes”.Basta que usemos de percepção e atenção e, pronto, assinamos embaixo.É assim a minha amiga. Já nasceu maior que as irmãs. Sempre foi mais fofa, prestes a ser recheada de amor. Cresceu com o sorriso farto, aberto, grande como ela.Suas roupas fugiam à moda. Seu corpo não permitia segui-la. Fazia questão das vestes enormes, soltas, para que pudesse inflar, sempre, ao sabor da situação.Pratos pequenos? Vasilhas de tamanho médio? Qual o quê…Sua predileção era pelos maiores, mais abrangentes, aqueles que pudessem acolher o máximo, sempre o máximo…E seus sentimentos então? Sempre além da faixa mediana, circundava o volume maior na alegria e na tristeza…É assim a abundância… Recheios caem pra fora das massas… Cremes pingam pelo chão... Farinhas criam tapetes brancos ao se derramarem…

Fonte da imagem: www.blogbrasil.com.br

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Lembranças de Olavo Bilac


Revendo minhas caixinhas de guardados antigos, deparei-me com um caderno de minha infância, onde destaquei esse poema de Olavo Bilac, para dividir com vocês:
A PORTA

Eu sou feita de madeira
Madeira, matéria morta
Mas não há coisa no mundo
Mais viva do que uma porta.
Eu abro devagarinho
Pra passar o menininho
Eu abro bem com cuidado
Pra passar o namorado
Eu abro bem prazenteira
Pra passar a cozinheira
Eu abro de sopetão
Pra passar o capitão
Só não abro pra essa gente
Que diz (a mim bem me importa…)
Que se uma pessoa é burra
É burra como uma porta.
Eu sou muito inteligente!
Eu fecho a frente da casa
Fecho a frente do quartel
Fecho tudo nesse mundo
Só vivo aberta no céu!
Fonte da imagem: enosilenciodanoite.blogs...

domingo, 6 de junho de 2010

Só existe UM DEFEITO NA MULHER


Recebi esse texto e não poderia deixar de dividi-lo com minhas amigas blogueiras para lembrá-las o quanto elas são maravilhosas!!!


"Quando Deus fez a mulher já estava em seu sexto dia de trabalho fazendo horas extras.
Um anjo apareceu e Lhe disse: 'Por quê leva tanto tempo nisto?'
E o Senhor respondeu: 'Já viu a minha ficha de especificações para ela?' Deve ser completamente lavável, mas sem ser de plástico, ter mais de 200 peças móveis e ser capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa, até sobras, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho arranhado até um coração partido e fará tudo isto somente com duas mãos.'

O anjo se maravilhou com as especificações. 'somente duas mãos....Impossível!' e este é somente o modelo básico? É muito trabalho para um dia...Espere até amanhã para terminá-la.' Isso não, protestou o Senhor. Estou tão perto de terminar esta criação que é favorita de Meu próprio coração. Ela se cura sozinha quando está doente e pode trabalhar jornadas de 18 horas.' O anjo se aproximou mais e tocou a mulher. 'mas o Senhor a fez tão suave...' 'É suave', disse Deus, mas a fiz também forte. Você não tem idéia do que pode agüentar ou conseguir. '

Será capaz de pensar?' perguntou o anjo.

Deus respondeu: 'Não somente será capaz de pensar mas também que raciocinar e de negociar' O anjo então notou algo e estendendo a mão tocou a bochecha da mulher.... 'Senhor, parece que este modelo tem um vazamento.... Eu Lhe disse que estava colocando muita coisa nela.....'

'Isso não é nenhum vazamento... é uma lágrima' corrigindo-o o Senhor..

'Para que serve a lágrima,' perguntou o anjo. e Deus disse: 'As lágrimas são sua maneira de expressar seu destino, sua pena, seu desengano, seu amor, sua solidão, seu sofrimento, e seu orgulho.'

Isto impressionou muito ao anjo 'O Senhor é um gênio, pensou em tudo. A mulher é verdadeiramente maravilhosa'

Sim é! A mulher tem forças que maravilham aos homens. Agüentam dificuldades, levam grandes cargas, mas têm felicidade, amor e alegria. Sorriem quando querem gritar. Cantam quando querem chorar. choram quando estão felizes e riem quando estão nervosas.. Lutam pelo que crêem. Enfrentam à injustiça. Não aceitam 'não' como resposta quando elas crêem que há uma solução melhor. Privam-se para que a sua família possa ter. Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir. Amam incondicionalmente.
Choram quando seus filhos triunfam e se alegram quando seus amigos ganham prêmios. Ficam felizes quando ouvem sobre um nascimento ou um casamento. Seu coração se parte quando morre uma amiga. Sofrem com a perda de um ente querido, entretanto são fortes quando pensam que já não há mais forças. Sabem que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração partido.

Entretanto, há um defeito na mulher: É que ela se esquece o quanto vale."

Fonte da imagem: aideiadenaoterideia...

sexta-feira, 4 de junho de 2010

A avó...


Hoje, relembro aqui, um lindo poema de Olavo Bilac, que me faz voltar à infância e que divido com vocês.

"A Avó, que tem oitenta anos
Está tão fraca e velhinha
Teve tantos desenganos !
Ficou branquinha, branquinha,
Com os desgostos humanos.
Hoje, na sua cadeira,
Repousa, pálida e fria,
Depois de tanta canseira:
E cochila todo o dia,
E cochila a noite intenra.
Ás vezes, porém, o bando
Dos netos invade a sala ...
Entram rindo e papaqueiando:
Este briga, aquele fala,
Aquele dança, pulando ...
A velha acorda sorrindo.
E a alegria a transfigura ;
Seu rosto fica mais lindo,
Vendo tanta travessura,
E tanto barulho ouvindo.
Chama os netos adorados,
Beija-os, e, tremulante,
Passa os dedos engelhados,
Lentamente, lentamente,
Por seus cabelos doirados.
Fica mais moça, e palpita,
E recupera a memória,
Quando um dos netinhos grita:
''Ó vovó ! conte uma história!
Conte uma história bonita!''
Então, com frases pausadas,
conta história de quimeras,
Em que há palácios de fadas,
E feiticeiras, e feras,
E princesas encantadas ...
E os netinhos estremecem,
Os contos acompanhando,
E as travessuras esquecem,
- Até que, a fonte inclinando
Sobre o seu colo, adormecem ..."

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Ah ! 0 Flamengo!


São quase meia-noite e o jogo do Flamengo com o Palmeiras acaba, com a vitória para o rubro-negro.
Eu e meu marido seguimos então para o quarto e dando sequência às nossas costumeiras conversas antes de dormir, percebo que já passam de meia-noite e meia. Subitamente vejo que ele dorme sereno e o eco da algazarra própria de alguns torcedores ao longe, com o silêncio da madrugada, fica forte e quase dentro do meu quarto.
Sem conseguir pegar no sono, acompanho placidamente os ruídos externos que também, subitamente cessam sem pedir licença.
Por que eu também subitamente não durmo ? É o que eu me pergunto às 3.00 horas da manhã?
Penso em levantar, fazer um chá, caminhar pela casa, mas espreguiço-me e tento buscar o sono nos pensamentos ou mesmo contando carneirinhos. Estranho, mas aquela prática da minha infância, hoje não surte mais efeito.
Sinto uma raiva contida da algazarra externa que me fez despertar e não mais conciliar o sono. Com esse pensamento, me prometo no próximo jogo, seja de que time for, ir para a cama antes do final !
Fonte da imagem: futebolshow-boleiro...

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Tudo o que hoje preciso realmente saber,


Esse é um texto de PEDRO BIAL, que com extrema sapiência sintetiza o porque do mundo hoje estar como está e que não posso deixar de dividir com vocês.


"Tudo o que hoje preciso realmente saber, sobre como viver, o que fazer e como ser, eu aprendi no jardim de infância.
A sabedoria não se encontrava no topo de um curso de pós-graduação, mas no montinho de areia da escola de todo dia.
Estas são as coisas que aprendi lá:
1. Compartilhe tudo.
2. Jogue dentro das regras.
3. Não bata nos outros.
4. Coloque as coisas de volta onde pegou.
5. Arrume sua bagunça.
6. Não pegue as coisas dos outros.
7. Peça desculpas quando machucar alguém.
8. Lave as mãos antes de comer e agradeça a Deus antes de deitar.
9. Dê descarga. (Esse é importante)
10. Biscoitos quentinhos e leite fazem bem para você.
11. Respeite o outro.
12. Leve uma vida equilibrada: aprenda um pouco, pense um pouco...desenhe... pinte... cante... dance... brinque... trabalhe um pouco todos os dias.
13. Tire uma soneca a tarde. (Isso é muito bom)
14. Quando sair, cuidado com os carros.
15. Dê a mão e fique junto.
16. Repare nas maravilhas da vida.
17. O peixinho dourado, o hamster, o camundongo branco e até mesmo a sementinha no copinho plástico, todos morrem... nós também .

Pegue qualquer um desses itens, coloque-os em termos mais adultos e sofisticados e aplique-os à sua vida familiar, ao seu trabalho, ao seu governo, ao seu mundo e ai verá como ele é verdadeiro claro e firme....

Pense como o mundo seria melhor se todos nós, no mundo todo, tivéssemos biscoitos e leite todos os dias por volta das três da tarde e pudéssemos nos deitar com um cobertorzinho para uma soneca....

Ou se todos os governos tivessem como regra básica devolver as coisas ao lugar em que elas se encontravam e arrumassem a bagunça ao sair.... Ao sair para o mundo é sempre melhor darmos as mãos e ficarmos juntos" É necessário abrir os olhos e perceber que as coisas boas estão dentro de nós, onde os sentimentos não precisam de motivos nem os desejos de razão. O importante é aproveitar o momento e aprender sua duração, pois a vida está nos olhos de quem souber ver."
Fonte da imagem: noticiasdegaia...

terça-feira, 1 de junho de 2010

Duas gordas na cabine


Era uma loja também de roupas íntimas.Ela e a prima precisavam renovar o guarda-roupa nessa área. As calcinhas naquele verão estavam maiores e as tangas na gaveta pediam substituição, além do fato de que não cabiam mais. Os soutiens de tecidos coloridos davam lugar àqueles de cor única de tecido elástico, dos quais tinham mais de dez cada uma.Os cartazes, aqui e ali na loja, indicavam que aquele tipo de peça não podia ser experimentado. Após a escolha, o jeito era identificar o tamanho e mandar embalar.Mas... como ela e a prima, depois de um período de férias em extravagância alimentar, podiam acertar seus números, sem provar suas escolhas? Todos os modelos pareciam estar de acordo, mas não restava outra saída a não ser conversar com a vendedora e obter sua permissão.Espera aqui, vai ali e, por fim, com o consentimento do gerente, foram-lhes mostrada as cabines que deveriam usar. Decidiram-se por uma única cabine. Afinal, uma queria a opinião da outra e vice-versa. A cabine era estreita, sem ventilação e sem cabides e a cada movimento a cortina vedatória abria-se sem anunciar. Tinham estimado erradamente o seu tamanho. Já nessa altura, as duas gordas, como que cimentadas naquele metro quadrado, não podiam sequer tirar as peças com que estavam vestidas, sem esbarrarem-se e taparem completamente o espelho, única coisa grande no local.Ensaiaram fazê-lo cada uma por vez e num esforço atroz tiravam calça, blusa, calcinha, soutien até que nuas tentavam, num malabarismo, colocar as novas. Nesse vai-e-vem, as bundas, os braços e as coxas das duas se encaixavam prometendo nunca mais se separarem. Por fim, escolheram duas peças cada uma. Já fora da cabine enfrentaram os olhos da vendedora que, disfarçando a voz, perguntou, como de costume:- Alguma peça serviu?
Fonte da imagem: t-s-i.blogspot.com