Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

terça-feira, 22 de junho de 2010

Ainda sobre Judite

Judite continuava tensa. Também, não era para menos. Não conseguia engolir a última briga. Até porque quando as coisas ditas começam a se repetir, adquirem todo o teor de uma grande verdade. Já eram 11.00 horas da noite de segunda-feira e ela e o marido não se falavam desde a sexta-feira anterior depois da briga. Seus pensamentos fervilhavam e a cada um deles, tinha mais uma prova de que nada era como antes. Ainda mais, nesse mês de junho, tão importante para eles...
Desde o início do mês vinha engolindo seus esquecimentos, sua consideração diária, mas esquecer o dia 8? Não, isso ela não podia aceitar. Logo, quando comemoravam um ano além das bodas de porcelana?
Não, isso não... Era muito descaso.
A esse pensamento teve a nítida impressão de que não representava mais nada, era apenas uma acompanhante na vida.
Não sabe sequer dizer se é uma acompanhante agradável ou não.
Com tantos pensamentos fluindo, não reparou que já passava de uma hora da manhã e ainda estava se revirando na cama...
Na sala, Serra, candidato à Presidência, dava uma longa entrevista na TV.
Judite não sabe que horas pegou no sono, mas sua cabeça estalava de dor, quando acordou no dia seguinte.
Fonte da imagem: alemdacultura.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário