Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Talismã (Michael Sullivan)



Sabe
Quanto tempo não te vejo
Cada vez você distante
Mas eu gosto de você
Porque
Sabe
Eu pensei que fosse fácil
Esquecer seu jeito frágil
De se dar sem receber
Só você
Só você que me ilumina
Meu pequeno talismã
Como é doce essa rotina
De te amar toda manhã
Nos momentos mais difíceis
Você é o meu divã
Nosso amor não tem segredos
Sabe tudo de nós dois
E joga fora nossos medos
Vai saudade diz pra ela
Diz pra ela aparecer
Vai saudade vê se troca
A minha solidão por ela
Pra valer o meu viver
Só você que me ilumina
Meu pequeno talismã
Como é doce essa rotina
De te amar toda manhã
Nos momentos mais difíceis
Você é o meu divã
Nosso amor não tem segredos
Sabe tudo de nós dois
E joga fora nossos medos
Vai saudade diz pra ela
Diz pra ela aparecer
Vai saudade vê se troca
A minha solidão por ela
Pra valer o meu viver.

Fonte da imagem:injusticanao.blogspot.com

Um comentário:

  1. Uma coisa romântica nesta manhã de muito frio.
    Foi dos cantores que me intrigava bastante pelas letras e músicas.
    Outro tempo!......

    ResponderExcluir