Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

A festa de quinze anos

Queria porque queria uma festa de quinze anos.As coleguinhas de turma da mesma idade que aniversariavam em datas próximas já haviam esquematizado suas grandes festas, guardando em sigilo os detalhes mais preciosos para que não fossem imitados umas pelas outras. Sabedoras de que seu aniversário estava próximo, não se cansavam de indagarem sobre o convite.Os convites das outras, que mais pareciam obras de arte , já estavam em seu poder e olhando-os, seus olhos brilhavam de excitação ao imaginar a arte gráfica do seu para o próximo mês.Seria todo branco e, rodeando sua foto gigante em perfil, teria seu nome repetido várias vezes, em letras em caixa alta manuscrito, de cor dourada em relevo.O convite anunciaria seu dia de princesa e o cartão individual para a festa ficaria preso a um cliplogo acima dos nomes de seus pais, no lado de dentro. Essa primeira parte já estava resolvida.Restava agora nomear os convidados, cerca de cinqüenta amigos, além da família pequena que, por certo, viria de São Paulo para a festa.Prosseguindo, desenharia o vestido branco de corpo comprido, bordado com pedras e vidrilhos brilhantes formando na frente um coração, deixando parte do seu pequeno busto à mostra. A saia, rodada em duas abas, lhe daria um ar de rainha e, com certeza, o farfalhar do tecido ao caminhar soaria como música em seus ouvidos.A festa teria que ser no clube especializado para tal e conceituado pelo grande número de contratos para esse fim. Não teria o que pensar. Seria nesse local.De perto, faria questão de escolher o buffet. Estando no verão, a mesa de frutas em cascata não poderia faltar e os fondants ornados com minúsculas flores de cor rosa dariam um requinte especial a sua festa. O bolo deixaria a cargo de sua mãe, especialista na questão.O baile e a dança com o pai à meia-noite teria a música de seus sonhos e para tal ensaiava toda noite em seu quarto, após o jantar.Queria porque queria uma festa de quinze anos. Não agüentava mais, estando a data tão próxima, ouvir o questionamento das colegas sobre o convite.Naquela noite, surpreendida em choro por sua mãe, não pôde explicar o porquê, pois sua mãe não entenderia.Queria porque queria sua festa de quinze anos, mas como tê-la, se nem ao menos um vestido apropriado para a festa das amigas sua mãe poderia comprar?
(Adir Vieira - maio/2010)
Fonte da imagem: festa15anos.info

Nenhum comentário:

Postar um comentário