Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Ser médica é fogo!



Uma de minhas irmãs é bem especial. Se fôssemos identificá-la por adjetivos positivos, acho que todo o dicionário ainda deixaria a desejar.
Sua superioridade profissional como médica, vai muito e muito além do que os colegas de hoje podem admitir, pois ela reune em suas fórmulas tanta certeza e equilíbrio, que não se pode confiar em mais ninguém.
Com isso, coitada, em épocas como a que estamos vivendo com a família envelhecendo e carregando os males comuns próprios da idade avançada, ela não tem paz.
Basta uma dor de barriga e é para ela que corremos em busca de um veredicto, mesmo que o profissional mais gabaritado já o tenha diagnosticado. A última palavra carece ser sempre a dela para nos deixar tranquilos.
É a mais nova de todas, embora já há quase trinta anos nessa estrada, mas falando nisso, penso em como tudo começou .
Sinto que ela já não está suportando essa falta de tranquilidade para viver a própria vida, pois a cada minuto há uma situação nova a resolver, a amparar.
Tento instrui-la para largar tudo e todos, embora minha dependência nela também exista, mas vejo que é inútil e lamentavelmente antevejo para ela muitos dias mais de intranquilidade nessa família numerosa e "velha".
(Adir Vieira -01/02/11)
Fonte da imagem:canalkids.com.br

3 comentários:

  1. Parabéns pela medica na família que também passou a ser a médica de família.

    Felizmente existem muito bons profissionais nesse campo. É gratificante ver como existem médicos que fazem da sua vida um verdadeiro sacerdócio.

    ResponderExcluir
  2. Diza,
    Você,como sempre, exagerando nos elogios.Obrigada pelo carinho e admiração, mas tudo que faço é muito mais pelo amor que tenho por todos vocês. E afinal, a família não está tão velha assim, só um pouco mais madura. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Sempre modesta... A Dr. Alba é um anjo em nossas vidas. Te amo muiiiitttooo.
    Suzane

    ResponderExcluir