Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

domingo, 6 de dezembro de 2009

Doce menina



Ela não mora comigo,

Aqui, fica só de passagem,

mas sempre que vai embora,

deixa um monte de saudades...

Tem um carisma que assusta,

uma voz suave e esperta,

cuida pra que todos com ela,

não deixem de ficar alerta...

É um sorriso pra um...

uma frase forte pra outro...

segredos confidenciados

e originais no seu todo...

Sempre que ela chega,

traz novidades de tudo,

do que viu, fez ou ouviu

mas só conta ao abelhudo.

Ontem me fez a pergunta

se eu, quando era menina

declarações de amor fazia

aos meus pais, amigos e tias...

Quando tentei explicar

que no meu tempo não era moda

explicitar sentimentos ou mesmo ficar chorosa,

emocionada ficou

cobrindo os olhos em pranto

teve pena da minha sorte

de ter que esconder os dotes.

É um encanto, uma luz,

essa menina tão doce

às vezes fico a pensar

que foi Papai Noel quem trouxe.

Fonte da imagem: bruhwendel.blogspot.com

Um comentário:

  1. Se foi Papai Noel não sei, mas se que de fato é um lindo presente!

    ResponderExcluir