Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Colcha de retalhos


Todas as vezes que me encontro “vazia de mim”, recorro a um trabalho manual para, através dele, ocupar a mente e as mãos.

Estatisticamente, evidenciei quantas foram as vezes que assim me achei ao longo da vida adulta, pelo número elevado de sacolas com pequenos pedaços de tecido cortados assimetricamente e outros em crochê, em forma de quadrados ou círculos, alguns estampados e vibrantes nas cores, empilhados segundo sua forma e a espera, sempre a espera…

À espera de que pudessem ser unidos para dar forma talvez a colchas de retalhos apreciadas por mim, trabalhos fenomenais em costura feitos por uma vizinha da infância…

Estatisticamente também constatei que esses “vazios de mim”, rapidamente se preenchem à sua própria custa (ou não?), impedindo a seqüência do trabalho final e fazendo com que os antigos e novos retalhos retornem às suas sacolas de origem, até que um novo “vazio de mim” se instale.

Fonte da imagem: acasoousorte.blogspot.com

Um comentário:

  1. Tenho entrado aqui, para preencher os "vazios" de bosn textos na internet, aqui me sinto "preenchida"... gosto tanto do que leio....
    beijinho e tenha um ótimo domingo.

    ResponderExcluir