Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Velha? eu?


Já aconteceu de você, ao olhar pessoas da sua idade e pensar: não posso estar assim tão velho(a)?!!!!
Veja o que conta uma amiga:
- Estava sentada na sala de espera para a minha primeira consulta com
um novo dentista, quando observei que o seu diploma estava dependurado
na parede.
Estava escrito o seu nome e, de repente, recordei de um moreno alto,
que tinha esse mesmo nome.
Era da minha classe do colegial, uns 30 anos atrás, e eu me
perguntava: poderia ser o mesmo rapaz por quem eu tinha me apaixonado
à época?
Quando entrei na sala de atendimento imediatamente afastei esse
pensamento do meu espírito.. Este homem grisalho, quase calvo, gordo,
com um rosto marcado, profundamente enrugado, era demasiadamente velho
pra ter sido o meu amor secreto.
Depois que ele examinou o meu dente, perguntei-lhe se ele estudou no
Colégio Sacré Coeur.
- Sim, respondeu-me.
- Quando se formou? perguntei.
- 1965 . Por que esta pergunta? respondeu.
- É que... bem... você era da minha classe, eu exclamei.
E então, este velho horrível, cretino, careca, barrigudo, flácido,
filho de uma ..., lazarento me perguntou:
- A Sra. era professora de que ?
Fonte: Internet
Fonte da imagem:fantasiafeiticos.blogspot.com

3 comentários:

  1. Bem, bem......depois de tantos anos poderia ter sido mais simpática e suave.
    Nestas situações costumo comentar com a minha mulher...= nas costa dos outros, vimos as nossas =

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Adir!
    Foi a última frase dele né? :-)
    Sobre esse 'amigo da onça' chamado espelho, que todo dia me mostra o mesmo sujeito, apenas com uma pequena diferença de um dia pro outro: ora é mais um fio de cabelo, ora é mais um tracinho de ruga...
    Abç, ótimo final de semana!
    Adh

    ResponderExcluir
  3. Onde se lê: ... mais um fio de cabelo, leia-se ...mais um fio de cabelo BRANCO. Sabe como é, deu branco mesmo!
    Adh

    ResponderExcluir