Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Dia cinzento...

Meu amor,
Hoje o dia está cinzento, como o meu coração sem você.
Usando as tintas da sua alma, lembrando de suas palavras, sempre otimistas, estou tentando colorir os meus dias. Confesso que sem sucesso.
Não por falta de esforço, de tentativas, mas porque sua ausência dói mesmo.
Viver sem você, não é viver. É quase vegetar,  é ouvir o mundo e escutar você.
Parece teimosia, me agarrar ao que minha inteligência se nega a fazer, mas é quase impossível viver diferente.
Quanta falta você me faz, meu amor...
(Adir Machado Vieira Queiroz da Silva - 04/07/11)
Fonte da imagem:porcimadovento.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário