Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Baianidades...

A mãe do baiano vai viajar pro exterior e pergunta ao filho:

- Quer que mãinha lhe traga alguma coisa da viagem, meu dengo?

- Ô, minha mãe... Por favor, me traga um relógio que diz as horas.

- Ué, meu cheiro... E o seu, não diz não?

- Diz não, mãinha... Eu tenho de olhar nele pra saber...

XXXXXXXXXXXXXX........................XXXXXXXXXXXXXXXXX



O baiano deitadão na varanda :

- Ô mãinha , a gente temos aí pomada pra queimadura de taturana?

- Purque, meu dengo? Uma taturana encostou em ti, foi ???

- Foi não, mas ela tá cada vez mais perto...

XXXXXXXXXXXXXX..........................XXXXXXXXXXXXXXXXXXX


Três horas da tarde. Dois baianos encostados numa árvore à beira da estrada.

Passa um carro a grande velocidade e deixa voar uma nota de cem reais,mas o dinheiro vai cair do outro lado da estrada.

Passados cinco minutos, um fala para o outro:

- Rapaz, se o vento muda, a gente ganha o dia...



XXXXXXXXXXXXXXXXXX

Fonte da imagem:nayanneamorim.blogspot.com

Um comentário:

  1. •*♥ڰۣ¸.•*♥ڿڰۣ✿ڿڰۣ¸.•*♥ڿڿ•*♥ڰۣ¸.•*

    Sobre o amor

    Fácil de acontecer, difícil é descrever.
    Amar é sentir sem querer, é querer sem perceber.
    Fugaz ou duradouro, não importa o tempo, o que vale é o sentimento.
    Que o eterno seja pra sempre, mesmo que seja breve.
    Sobre o amor é tudo que não sei, daquilo que já sei.

    Fim de semana de luz e paz,
    abraço.

    ڿ•*♥ڰۣ¸.•*♥ڿڰۣ✿ڿڰۣ¸.•*♥ڿڿ•*♥ڰۣ¸.•*♥ڿڰۣڿڰۣ

    Brasileiros enlutados ♥♥♥♥♥♥♥♥♥...


    ڿ•*♥ڰۣ¸.•*♥ڿڰۣ✿ڿڰۣ¸.•*♥ڿڿ•*♥ڰۣ¸.•*♥ڿڰۣ

    ResponderExcluir