Quantos estão lendo agora...

Lendo e ouvindo...

sábado, 13 de junho de 2009

Saudade


Consultando o Aurélio, vejo que o significado de saudade é a lembrança melancólica ou suave de pessoas ou coisas distantes ou extintas. A princípio, me surpreendo e, para ser mais exata, não concordo com esta afirmação. Senão, vejamos: como coisas extintas? Se neste mesmo momento, senti uma tremenda saudade do meu bolinho de fubá e a ele pude recorrer, pois não estava extinto, nem distante? Começo a discordar, quase que pela simples satisfação da discórdia e me atenho a outra saudade, a do cheiro do meu perfume, ali tão presente, diante de mim. Vagueio na minha imensidão de saudades e, para não falar apenas de coisas materiais, aquelas das quais nos acercamos e defendemos, para não perdê-las, e chego a uma saudade de criança, aquela da minha alegria, do meu riso estonteante, sem que soubesse o seu porquê e me pergunto se ele está distante ou extinto. Começo a me perceber, começo a me analisar e chego à conclusão de que ela, a minha alegria, está inserida em meu contexto, pronta a se revelar toda vez que eu assim o permitir. Subitamente, vejo que a saudade é nossa e dela podemos abrir mão ou a trazermos para nós, como algo presente e real, desde que o permitamos. E assim, vejo que ela não existe, pois ao revivermos os momentos queridos, transformamos em real a sua presença. Daí, lanço aqui o meu novo significado para a saudade: impulso de transformar em real tudo aquilo que nos marcou verdadeiramente.

Fonte da imagem: eradaessencia.blogspot.com

4 comentários:

  1. Adir!

    Não posso deixar de te pedir que leia Samelly Xavier, uma grande amiga paraibana e também blogueira (http://sao-seus-olhos.blogspot.com/), que já lançou seu terceiro livro.

    Neste site a seguir, acessa a seu segundo escrito. Nele também há uma definição perfeita e muito pessoal de "saudade". Depois me conta a impressão.

    http://br.geocities.com/menudois/ESPACOSAMELLYXAVIER.html

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Olá, querida!
    Estou de volta, graças a Deus!
    Estava com muita saudade disso tudo... É bom escrever aqui novamente também!
    Olha, digo a você com conhecimento de causa que a saudade nunca passa, apenas nos acostumamos com ela...
    Ah, têm selos no meu blog pra você. Talvez já deva ter ganho, mas receba estes mimos de coração...
    Faço também um convite para participar de uma Blogagem Coletiva que estou elaborando sobre o Dia da Música, que é dia 21 de junho... Espero que aceite meu convite!
    Grande beijo e um excelente domingo pra você!

    ResponderExcluir
  3. Agostinho,
    Mil vezes obrigada por me fazer conhecer o site da Amelly Xavier. Chorei horrores. Que sensibilidade, que finura para falar das coisas da vida. Fiquei por demais encantada.
    Valeu!
    Adir

    ResponderExcluir
  4. Querida Nade, que bom que vc voltou. Estava fazendo muita falta, mesmo.
    Vou pegar os selos. Muito obrigada. Já aceio participar da Blogagem Coletiva.
    Beijinhos e obrigada, amiga.
    Adir

    ResponderExcluir